8 cidades baratas para estudar na Espanha

A Espanha sempre foi um dos países preferidos por estudantes estrangeiros para vivenciar uma das melhores experiências a nível educacional e pessoal: o intercâmbio.

Aprender um novo idioma e/ou realizar estudos superiores tem sido o ponto de partida de muitos brasileiros que desejam passar um tempo por terras espanholas. Como vocês podem imaginar, o obstáculo principal pesa no bolso já que trocar de país não é algo relativamente fácil, nem mesmo que seja por um período breve.

Além disso, outra peça chave para quem quer estudar na Espanha é saber escolher a cidade destino e longe de pensar em Madri e Barcelona, hoje quero te apresentar oito cidades queridíssimas pelos estudantes e com um custo de vida barato.

1.  Oviedo

A cidade de Oviedo conta com um pouco mais de 200.000 mil habitantes e localiza-se ao norte da Espanha. Como não costuma ser um alto destino por estudantes internacionais, o custo de vida é bem acessível para realizar uma formação universitária ou intercâmbio de idiomas.

A Universidade de Oviedo, por exemplo, conta com diferentes tipos de projetos educacionais e cursos de formações, inclusive, de idiomas.

Na cidade é possível encontrar alugueis compartilhados com facilidade e um preço bem abaixo das grandes capitais, gastando em média 140€ por mês.  

Cidade de Oviedo – foto google.

 

2. Zaragoza

A capital da região de Aragão é outra excelente opção para quem quer estudar na Espanha sem gastar tanto.

Com mais de 600.000 mil habitantes, Zaragoza possui uma oferta variada de diversão e cursos para os estudantes. A cidade dispõe de  três ótimas Instituições, como é o caso da Universidade de Zaragoza (pública) e duas faculdades particulares, a Universidade de San Jorge e a Escola Superior de Gestão Comercial e Marketing.

É possível encontrar apartamentos compartilhados a partir de 150€ mensais, o que é uma verdadeira mão na roda para quem busca conhecimento economizando ao máximo.

Centro de Zaragoza – foto pixbay

3. Granada 

Quem busca um destino universitário mais agitado, a cidade de Granada é uma boa pedida. Eu mesmo estive por lá esse ano e te garanto que se tivesse que escolher um local para estudar, Granada certamente estaria na lista.

Com mais de 200.000 mil habitantes e visitada anualmente por milhares de turistas, ela conta com uma das Instituições mais escolhidas entre estudantes brasileiros, a Universidade de Granada. Por ser parada obrigatória dos turistas que passam pelo país, é também muito mais fácil de encontrar um trabalho para conciliar com os estudos.

Buscar por um quarto compartilhado na cidade de Granada não vai ser um problema, pois existem uma oferta variada e com preço baixo, em média 100€ por mês.

Granada – foto pixbay

4. Salamanca

Conhecida como a cidade universitária mais badalada da Espanha, Salamanca é destino de milhares de estudantes internacionais ano após ano.

No entanto, a busca por ela não se deve apenas por isso, e sim por ter uma das Instituições mais renomadas e antigas da Europa, a Universidade de Salamanca.

Centenas de brasileiros chegam anualmente na cidade através de programas de intercâmbios firmados entre esta entidade e Universidades brasileiras, e pasmem, com praticamente tudo pago.  Além dela, a cidade conta também com a Universidade Pontifica, que mesmo sendo particular também possui diversos programas de estudo.

Em Salamanca, é possivel encontrar apartamentos para compartilhar gastanto a partir de 120€ por mês e uma oferta variada de cursos, turismo e vida social.

Salamanca – foto pixbay

5.  Santiago de Compostela

Provavelmente você já ouviu falar nessa cidade, afinal, quem não conhece uma das rotas de sendeiros mais percorridas do mundo, o famoso Caminho de Santiago.  

No entanto, Santiago de Compostela é muito mais que isso e todos os anos recebe estudantes internacionais em sua Universidade principal, a USC (Universidade Santiago de Compostela) de  e também para intercâmbios de cursos de espanhol.

Com aproximandamente 95.000 habitantes, a cidade conta com ofertas culturais no centro histórico e belissimos povoados pertinhos para fazer turismo.  Encontrar um apartamento para compartilhar não é dificil e tem um leque de opções variado, com um custo inicial de 100€ por mês.

Santiago de Compostela – foto google imagens

6. Cáceres

Cáceres é uma cidade bem tranquila e não supera os 100.000 habitantes, contudo é uma alternativa a considerar, principalmente quando se trata de economizar.

A Universidade de Extremadura, dispõe de oito importantes linhas de estudos, incluindo, veterinária e enfermagem. Além claro, de estudos a nível de mestrado, doutorado e cursos de idiomas. 

Assim como as outras cidades listadas acima, Cáceres é uma cidade bem barata para estudar, principalmente em relação a moradia, já que encontramos com muita facilidade apartamentos compartilhados gastando a partir de 100€ mensais.

Cáceres – foto pixbay

7. Sevilha

Nossa queridissima cidade caliente jamais poderia ficar de fora dessa lista, afinal, ela é a cereja do bolo de milhares de acadêmicos internacionais que buscam conhecimento, diversão e calor humano (literalmente).

A capital Andaluza possui mais de 700.000 mil habitantes e recebe outros milhares durante os meses mais turisticos do país ( principalmente no verão) para cursos de espanhol e cultura espanhola.

Talvez por isso seja reconhecido como um dos destinos mais procurados por estudantes ou também por proporcionar um custo de vida relativamente acessivel, qualidade de vida e diversos niveis de formação.

O gasto principal será com a moradia e comparada com as outras cidades acima, Sevilha apresenta um custo maior, porém ainda assim acessivel. Em média podemos encontrar apartamentos compartilhados a partir de 160€ mensais.

Sevilla. Foto pixbay

8. Valência

Para finalizar nossa listinha de cidades baratas para estudar na Espanha, aterrizamos em Valência, a terceira maior cidade da Espanha.

Valência conta com diversas instituições e centros de estudos e recebe milhares de estudantes internacionais, para curtas e largas temporadas. 

A cidade conta com mais de 800.000 habitantes e uma oferta cultural variada, além do mais, por ser muito turistica é mais fácil conseguir um trabalho para conciliar com os estudos. Em média, se gasta aproximadamente 160€ mensais com moradia compartilhada.

Valência – Foto pixbay

 

Outros gastos a considerar:

Quem vem estudar na Espanha, além do gasto com moradia abordado no texto, também encontrará outras despesas, como por exemplo, com alimentação, passeios e transporte público.

Quem procura por cidades baratas como as citadas gasta bem menos do que aqueles que optam por Madri e Barcelona, em média gastando cerca de 500€ mensais.

Ficou com vontade de fazer as malas ? Então não deixa de ler sobre  Estudar na Espanha | Como solicitar o visto de estudante no Brasil e na Espanha e também Estudar e trabalhar na Espanha


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *