Como é viver na Espanha?

Se por algum momento você pensou em sair do Brasil para morar na Espanha, certamente, deve ter passado pela sua cabeça uma das perguntas mais obvias sobre essa decisão: Como será viver por terras espanholas?

A priori você pesquisa em blogs, canais no youtube, experiências com familiares ou amigos que vivem no exterior e começa a formar, mais ou menos, a ideia de como é a vida em tal lugar. Mas, será que é realmente assim?

Acho que o ponto importante a tocar e que muitas vezes não é mencionado, é que cada pessoa terá uma percepção diferente sobre a vida fora do Brasil, baseada em suas experiências e que pode ou não coincidir com a realidade da maioria de expatriados.

Eu recebo semanalmente uma centena de e-mails de conterrâneos e pessoas de outros países perguntando sobre como é viver na Espanha, o que eu acho sobre conseguir trabalho no país, se vale a pena ou não, se é tudo muito fácil como demonstram algumas outras pessoas, e por ai vai.

Gente, primeira dica: não se guie 100% pela realidade dos demais. Sua experiência poderá ser parecida, melhor ou pior, mas você só vai saber realmente o que vai acontecer, depois que der esse salto.

E de que forma saltar? Com um mínimo de planejamento. Sério. Tem muito brasileiro (e pessoas de outras nacionalidades) que chegam sem isso e acabam passando o maior sufoco, vivendo dificuldades financeiras, não sabendo para onde correr e nem o que fazer.

Iludidos com a percepção e com a experiência de outras pessoas que já percorreram esse caminho antes e dão a entender que é algo fácil. E eu já te adianto. Não é. Ao menos que você tenha muito dinheiro sobrando.

Como eu vejo a Espanha:

A comparativa com a vida levada no Brasil acaba acontecendo sim ou sim, logo ao pisar no país. Os contrastes sociais encontrados principalmente em temas relacionados com serviços básicos, como saneamento, escolas públicas, saúde e incentivos sociais, refletem de forma positiva na nossa percepção ao trocar o Brasil pela Europa.

É fácil se acostumar ao que é bom. Não te vou negar isso. Mas, quando a comparação é feita entre a Espanha e outro país Europeu com um melhor posicionamento econômico, as diferenças também aparecem. E isso basicamente significa que por aqui muita coisa ainda precisa ser feita.

Morar na Espanha é como estar em casa. Só que em um lar mais organizado. Aqui você vai encontrar bom clima na maior parte do tempo, calor humano, gastronomia única, brasileiros, comida brasileira, burocracia, e por ai vai…

A Espanha tem uma qualidade de vida incrível. Não é à toa que aposentados de países mais ricos querem disfrutar do seu merecido descanso por aqui. E não apenas eles. Cada vez mais jovens, estudantes de países vizinhos, chegam a Espanha para uma temporada de aperfeiçoamento acadêmico.

As cidades são bem cuidadas, não se nota tanto o contrates entre riqueza e pobreza, não se perde tanto tempo no trânsito, existe mais lugares livres e seguros para o lazer, a cultura é muito forte e os laços familiares também.

Eu acho isso tão bonito. O valor da família na Espanha é algo que me surpreendeu. O ambiente na rua é alegre. Tem vida. E isso é, de certa maneira, um contrate forte com outros países da Europa.

A parte negativa e a ser melhorada está relacionada ao ganha pão, queixa minha e de milhões de pessoas que estão desempregadas ou com trabalhos mal remunerados.

Falta ética laboral. E isso impede o crescimento do país e de uma sociedade mais justa. A Espanha tem muito potencial, mas assim como o Brasil, muitas vezes é enterrada pelos seus próprios governantes e nacionais.

Resumindo a opera, para mim viver na Espanha tem sido uma experiência maravilhosa, ainda que tenha tido muitos obstáculos no caminho. Não é a toda que sempre na minha balança pesa mais bons do que maus motivos para seguir no país.

Se você tem planejando passar uma temporada por terras espanholas, te deixo 2 principais pontos positivos e negativos a levar em consideração e ao final dois textos importantes para quem vai imigrar.

2 pontos positivos de morar na Espanha

1º. Custo de vida: Para quem tem a Europa como destino para recomeçar a vida, a Espanha se destaca por ter um dos custos de vida mais acessiveis, principalmente, em termos de alimentação.

2º. Qualidade de vida: A Espanha é o país da UE que apresenta o maior indice de longevidade. Fatores como alimentação, clima, saúde pública de qualidade, entre outros, refletem de forma positiva sobre a qualidade de vida no país.

2 pontos negativos de viver na Espanha: 

1º. Desemprego: Ta fo**! A taxa de desemprego é uma verdadeira montanha russa, ora sobe, ora desce. Essa oscilação também acontece em relação aos contratos de trabalhos, que em sua maioria são temporários e salários baixos.

2º. Burocracia: Para qualquer gestão, seja ela simples ou complexa, você vai ter que enfrentar procedimentos que levam tempo, paciência e quase sempre, dinheiro.

Texto recomendado: Como morar na Espanha ?

5 Maneiras de morar legalmente na Espanha


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!