Como quase fui presa na Espanha por causa de um condicionador de cabelo

Parece enredo de um filme recorde de bilheteria, mas é só a ponta do iceberg dos imprevistos que podem acontecer em uma viagem ao exterior.

Imagina a seguinte situação: Você embarca em um voo internacional, atravessa o atlântico, passa numa boa no controle migratório, corre meio aeroporto pra não perder a conexão e finalmente chega no seu destino, mas a sua mala não. Ninguem merece, né?

Até aqui é algo muito recorrente para a marioria dos passageiros que desembarcam nos grandes aeroportos mundo a fora. Transtorno, estresse e aquele corre-corre atrás das bagagens. Mas, nada é tão ruim…que não possa piorar!

O começo do pesadelo…

Depois de ficar uma hora na fila de um guichê tentando descobrir o paradeiros das bagagens, felizmente no dia seguinte elas chegaram no destino final: aqui em Valência (cidade na qual resido ha 3 anos).

Qualquer voo vindo de países sul-americanos em direção a Espanha, são chamados de “vuelos calientes” (voos quentes, em português), por conta da incidência de casos relacionados com o tráfico de drogas e pessoas.

Em vista disso, a checagem de malas é um procedimento mais do que normal, como vocês podem imaginar. E foi justamente nesse momento que começou o pesadelo…

Minha mãe e duas amigas haviam chegado do Brasil em um voo que saiu de Belém com conexão em Lisboa. Como qualquer brasileira que sente falta dos produtinhos brasileiros, eu pedi para que minha mãe trouxesse coisas que eu, até então, adorava.

E assim ela o fez. Trouxe várias coisinhas de comer e claro meus produtinhos da Natura. E foi nesse momento que tivemos uma grande surpresa!Dois produtos da Natura Sou ao serem testados com o spray utilizado para verificar conteúdo ilicito (Drogas) deram “positivo” no teste ao apresentarem a coloração azul escuro que esta relacionado principalmente à cocaina.

Não sei se é do conhecimento de vocês, mas uma das artimanhas mais usadas pelos traficantes é justamente essa. Usar cocaína liquida e burlar produtos de cabelo ou corpo para não levantar suspeitas.

UM CHOQUE! Literalmente!! Um segundo teste foi realizado e bingo! Outra vez  azul escuro.Mil perguntas passam pela cabeça nesse momento, afinal como explicar o inexplicável? Até provar que tomada não é focinho de porco…

Felizmente, realizaram um 3º Teste sobre uma outra superficie e continuou dando azul, porem um pouco mais claro. Depois de mil perguntas e esclarecimentos, foi constatado um “falso positivo”.Não tenho ideia de que composição quimica do produto  ao entrar em contato com o spray utilizado pela policia espanhola reage provocando essa cor.

Ao ser liberada (o produto tambem foi liberado), uma mistura de alivio com indignação tomou conta de mim e das pessoas que passaram por isso, afinal isso é algo muito grave. Imagina se a viagem fosse para a Tailandia? Que medo!

Poucos minutos depois entramos em contato com a empresa NATURA que apenas notificou como uma critica ao seus produtos e que não poderiam fazer a troca dos condicionadores pois estavamos fora do Brasil. (Que??)

meme3
Essa foi literalmente a minha cara!

Uma pessoa quase foi presa e ainda sou obrigada a ler isso no atendimento ao consumidor? Que sacanagem! Fiz também uma denuncia no site Reclame Aqui e esperei um posicionamento da empresa.

Ao compartilhar o que aconteceu no facebook, tomei conhecimento de um outro caso, porém com um sabonete da mesma empresa. Deixei os produtos separados para possíveis analises, mas minha gente, e o constragimento quem paga?

Abaixo, a imagem dos produtos que quase fizeram as minhas férias, a da minha mãe e suas amigas se transformarem em um verdadeiro inferno.

sou.jpg
Condicionador Natura Sou
NATURA2.jpg
Meu estresse no “atendimento ao consumidor”

E como vocês podem imaginar não deu em nada. Pensamos em fazer uma denúncia, acionar advogados ou algo parecido, mas isso seria um gasto (de dinheiro e tempo), e para uma primeira viagem internacional o estresse até aquele momento já era mais do que suficiente.

Depois de tanto planejamento e todos os gastos para aproveitar alguns dias de lazer, ter quase ido parar no xilindró por trafico de drogas é algo surreal.

Se você tem conhecimento sobre alguma historia assim, independente do produto, por gentileza compartilhe conosco.


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

 

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *