ENCCEJA Espanha: Como tirar o diploma de ensino fundamental e medio brasileiro no exterior?

[Texto atualizado em 24/05/18]

Muitos brasileiros que imigraram para a Espanha ou outros países  da Europa, não terminaram o ciclo educacional brasileiro e acabaram deixando para trás os estudos.

Com o propósito de dar outra oportunidade para finalizarem estudos, tanto do ensino fundamental quanto do médio, foi criado o ENCCEJA ( Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos), que este ano será aplicado pela quarta vez na cidade de Madri. 

Somente no ano de 2016, o ENCCEJA em parceria com o Ministério das Relações Exteriores aplicou o exame  em nove países: Espanha, Portugal, França, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, Suíça, Bélgica e Guiana Francesa.  Essa é a oportunidade para aqueles brasileiros que moram no exterior conluirem os estudos não finalizados.

Quem pode Participar?

O Público-alvo são brasileiros que não tenham concluído o Ensino Fundamental ou Médio, e que desejam finalizar esta etapa para aumentarem suas possibilidades profissionais, no Brasil e no exterior.

Para o nível fundamental é exigido que o candidato tenha no mínimo 15 anos completos na data da realização do exame. Já para o nível médio é obrigatório ter no mínimo 18 anos completos.

Como Participar?

É preciso realizar uma inscrição que será totalmente gratuita e feita pela internet, onde será preciso apresentar obrigatoriamente para participar, o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física)  e que este esteja em vigor, o número do Passaporte ou de qualquer outro documento de identidade brasileiro, desde que seja oficial.

As inscrições para o ano de 2018  começam no dia 25 de junho e finalizam no dia 08 de julho. 

 Como Funciona?

É realizado uma prova de conhecimentos na qual será avaliada e pontuada, sendo necessário alcançar no mínimo 100 pontos ( em uma escala que vai de 60 a 180) para poder obter o diploma do ensino fundamental ou médio.

O exame será feito totalmente em língua portuguesa, em dois turnos (um pela manhã e outro pela tarde), agrupando os testes por área de conhecimento.

O que oferece aos candidatos a possibilidade de se inscreverem para receber a certificação em uma ou mais disciplinas, desde que estejam associadas ao mesmo nível de estudo. 

As disciplinas avaliadas para o Ensino Fundamental, são: Língua Portuguesa, Inglês, Artes, Educação Física, Redação, Matemática, História, Geografia e Ciências Naturais.

Já para o Ensino Médio é preciso aprovar em: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza.

Para apoio nos estudos, o site oficial da ENCCEJA disponibiliza material didático on line. O link você encontrará ao final desse post.

Resultados e Certificações

Os resultados individuais estarão disponíveis na página web do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP).  Alguns países aceitam diretamente a certificação para acesso ao ensino superior, mas em outros é necessário fazer a legalização ( através da Apostila de Haia) e posteriormente a homologação.

A certificação fica por conta do Colégio Pedro II e também  pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília que encaminha a documentação para o Ministério de Relações Exteriores e esse para os Consulados.


Logo após o Consulado Geral do Brasil em Madri receber os certificados, comunicam aos candidatos através do site e também pela página oficial no facebook.

Inscrições e Data do Exame

Consulado Geral do Brasil em Madri divulgou as datas para o exame deste ano.

Inscrições: de 25 de junho até 09 de julho.
Prova: 16 de setembro de 2018.

Para ter acesso ao material didático para estudo, inscrição e outras informações a respeito do ENCCEJA, acesse Consulado Geral do Brasil em Madri

Texto recomendado: Escola para adultos na Espanha | Como funciona?


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!