Férias na Espanha: Quanto vou gastar e o que eu preciso levar?

Organizar uma viagem internacional não é tão fácil quanto parece, principalmente, se você é “marinheiro de primeira viagem” ·.

Logo de início aparecem as primeiras dúvidas: Quanto vou gastar? O que eu preciso levar? Que cidades visitar? Aonde se hospedar e por aí vai. No post de hoje, vou te dar uma mãozinha sobre como planejar suas férias na Espanha.

Melhor Época

Muito antes de montar seu roteiro de viagem você precisará saber qual é a melhor época para visitar o país. E isso, como tudo na vida, é bem relativo.

A Espanha é o segundo país do mundo que mais recebe turistas, isso significa que aqui existem os meses de alta, média e baixa temporada. Por essa razão, saber escolher qual mês visitar a Espanha será imprescindível para calcular os gastos da viagem. Como vocês podem imaginar, a Espanha combina perfeitamente com o verão.

Não é à toa que entre os meses de junho e setembro é o momento que o país mais recebe turistas e as cidades ficam superlotadas. Aumenta o número de pessoas e também o preço. Tudo será muito mais caro.

O verão na Espanha começa no final de junho e vai até o final de setembro. Os dias são mais “largos” por conta da mudança de horário, acontecem diversas programações culturais, festivais de música, feiras medievais, as cidades ficam mais movimentadas e  o clima (superquente) acaba sendo um convite para bater perna todo santo dia.

Para quem não quer gastar tanto e quer aproveitar um clima agradável (nem frio e nem calor), o ideal é visitar a Espanha durante o outono (que começa no final de setembro e vai até dezembro) ou durante a primavera (que começa em março e vai até meados de junho).

Quem curte um clima gélido o inverno é perfeito. Em algumas cidades é temporada baixa, os preços são mais acessíveis e mesmo sem tanto turista na rua, rola programações culturais do mesmo jeito.

Passagem aérea 

Ao menos para mim, esse é o item que mais pesa no bolso na hora de realizar uma viagem.Comprar um bilhete aéreo para a Espanha não é barato, mas existe a possibilidade de economizar, comprando quando aparecem promoções ou adquirindo com antecedência.

Assim como o câmbio, o preço das passagens aéreas é “flutuante”. Tem época que estará mais caro (como nos meses de alta temporada) e meses que estará mais baixo.

O segredo consiste em comprar com antecedência porque geralmente para a última hora estará extremamente mais caro. Em média, a passagem de avião (ida e volta) para a Espanha custa R$2.300 reais.

Hospedagem 

Conseguir um sofá-amigo seria ideal para economizar com gastos de hospedagem. Se você tem familiares ou amigos no país que podem reservar um “cantinho” para seus dias de férias no país, sorte sua. A hospedagem costuma ser outro elemento que gera um alto gasto durante uma viagem internacional.

Menos mal, que na Espanha você encontrará uma oferta variada de acomodação. Hotéis, hostels, apartamentos de férias (como airbnb) ou até mesmo couchsurfing, que é um sistema de intercâmbio de hospedagem muito utilizado por mochileiros. Em média, se gasta em torno de 40€ por dia, em um hostel barato. 

Documentos para entrar na Espanha 

Quem já viajou para a Europa sabe que é preciso cumprir com os requisitos de entrada estipulado pelo país. Na Espanha não é diferente esse você não possui passaporte europeu ou autorização de residência, terá que reunir os seguintes comprovantes:

• Passagem aérea de ida e volta
• Comprovante de hospedagem. Se for ficar na casa de amigos ou familiares, apresentar a carta de invitación.
• Seguro de viagem. Espanha e Brasil já não possuem acordo sanitário, por isso, é preciso comprar um seguro de viagem.
• Dinheiro, cartão de credito ou cheque de viagem. Para entrar na Espanha é recomendável ter no mínimo 70 euros por dia que for permanecer no país. Isso nos dá uma base de quanto vamos gastar, mas acredite, dá para economizar.
• Comprovante do que veio fazer no país. No caso de turismo, você pode reunir pontos de interesse que pretende visitar na Espanha e outros países, se for o caso.

Comprar euro no Brasil ou na Espanha ?

Comprar euro no Brasil é mais vantajoso que deixar para comprar na Espanha. No aeroporto mesmo você pode se dirigir até as casas de câmbio e realizar a troca da moeda. Eu recomendo ir comprando aos poucos, durante os meses prévio à viagem, sempre que o € euro der uma “baixada”.

Roteiro de viagem – Como organizar?

Gente eu sei que dá vontade de conhecer tudo, mas nem sempre é viável, então se você tem poucos dias no país, selecione os principais pontos de interesse.

Por exemplo, se você vai permanecer 15 dias na Espanha, reserve ao menos 3 dias para conhecer as grandes cidades, 3 dias para as médias e de 1 a 2 dias para as pequenas.

Programe com antecedência os pontos turísticos que você deseja conhecer e verifique os horários. Durante os meses de baixa temporada, normalmente, museus, palácios e castelos possuem uma programação reduzida. Fique atento.

Outra dica importante é comprar os ingressos pela internet e com antecedência, assim você evita perder tempo na fila e pode passear com mais tranquilidade.

Casa Batló, em Barcelona.

 

Quanto vou gastar por dia?

Essa é a pergunta do milhão. Será que vou gastar muito? Será que é tudo caro? Vejamos. O preço dos ingressos para programações culturais varia de uma cidade para outra e de acordo com o fluxo de visitantes. Museus, palácios e alguns monumentos costumam ter um preço bastante acessível, entre 2€ e 15€.

Comer na Espanha não é caro, mesmo nas grandes cidades, como Madri e Barcelona. Com cerca de 25€ por dia (ou menos) você consegue se alimentar com tranquilidade.

Eu que sou mega econômica, gasto bem menos que isso, porque né meu povo, sempre tem um Burger king ou Mc Donalds para salvar a pátria, gastando apenas 2,90€.

Mas, passar a viagem comendo besteira não dá ne? Então outra dica que dou é ir até a sessão de alimentos preparados dos supermercados. Saladas, pasta e outras coisas por um preço bem acessível (menos de 3€).

Para ter uma ideia de quanto você vai gastar por dia na Espanha, o site “quanto custa viajar” é um ótimo aliado na hora de planejar nossa viagem. Ele mostra de forma atualizada quando você precisa levar para cada cidade que irá visitar.

*** Para calcular, acesse: https://quantocustaviajar.com/espanha

Resumo da ópera

De forma hipotética, podemos mais ou menos calcular os seguintes gastos:

• Bilhete áereo: R$2.300 + 7 dias de hospedagem: 350€ (verificar câmbio do dia/ coloquei 50€ hostel de uma grande cidade em alta temporada) + 175€ de alimentação (verificar câmbio do dia) + 350€ para gastos. Em média, você vai precisar ter 875€ (ou R$3.776 reais, na cotação de hoje), fora o gasto da passagem aérea.

Como disse acima, é um gasto hipotetico, pode ser para mais ou menos, depende do seu estilo de vida, da sua programação, das cidades e epoca que irá visita a Espanha. Espero ter ajudado. 🙂 

Textos recomendados:
→  Controle de fronteiras

→ Carta de Invitación


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!