Como posso ser Policial na Espanha?

Já faz quase três anos que não piso no Brasil e apesar de sentir muito a falta da minha familia e amigos, o fato de saber que somente em oito meses houve mais de seiscentos assassinatos na minha cidade (Belém) faz eu adiar cada vez mais os planos de umas férias por ali.

Segurança pública sempre foi um grande calo no pé do nosso país, mas parece que quanto mais o tempo passa, mais piora a situação. Entre janeiro e dezembro de 2016, mais de quatrocentos policias perderam a vida exercendo sua profissão. Existe coisa pior, do que sair para ganhar seu pão de cada día sem saber se voltará com vida? É triste, é alarmante.


A violência sem freio tem feito familias inteiras fazerem as malas, deixarem trabalhos estavéis e arricar uma nova vida no exterior. Recebo muitos emails diariamente e dentre eles um dos leitores aqui do blog perguntou se um brasileiro pode fazer parte do corpo de policia da Espanha. Vejamos…

Ser policial na espanha

Assim como no Brasil, para trabalhar como policial na Espanha é preciso passar por várias etapas, além claro, de cumprir com os requisitos exigidos e aguardar os editais com a oferta do cargo público.

A Espanha não é um país que tenha um alto indice de criminalidade e violência, por isso, ser policial por aqui é de certa forma mais tranquilo que no Brasil. 

Outro ponto importante esta relacionado com a corrupção. Um policial corrupto na Espanha é um policial com os dias contados. Isso é, porque a grande maioria dos agentes repudiam qualquer tipo de ato corrupto dentro do corpo de segurança e quem decide pelo caminho errado , ao menos por aqui, acerta as contas com a justiça.

O salário vária de acordo com o tempo e o escalão ao qual pertence. Por exemplo, o salário inicial para um policial de escala básica ronda os 1.500€ ( na cotação de hoje, mais ou menos, R$5,836 reais), um oficial em torno de 1.700€ (R$6,615 reais) e um policial de escala superior em média 2.800€ (R$10,985 reais).

Como funciona ?

Primeiramente, tenha em conta que esse é um cargo público. Isso significa que o Governo Espanhol deverá previamente aprovar uma oferta de emprego e quando isso acontece é o sinal para começar a se preparar para os exames.

Cada Comunidade Autônoma publicará no BOE (Boletín Oficial del Estado) o edital da convocatória, onde constará todas as infomações necessárias, como por exemplo: o preço das taxas, os requisitos para participar, como serão as provas, os resultados e por aí vai.


Em regra geral, o processo de seleção está dividido nas seguintes fases:

• Prova Teórica
• Prova Física
• Entrevista pessoal
• Reconhecimento médico
• Testes psicotécnicos
• E um exame de idiomas ( voluntário, porém conta pontos).

Os candidatos aprovados em todas as fases, são enviados para a Academia de Policia em Ávila, onde passaram por treinamentos de defesa pessoal, investigação, informática, segurança no trânsito, entre outras. Porém, apenas seguirão para essa fase aqueles que superarem o periodo de práticas estabelecidas, os que não superem deverão abandonar o processo de seleção.

O treinamento de formação em policial nacional espanhol dura em torno de um ano, após superado é realizado o juramento e só então chega a hora de assumir o cargo.

Requisitos

• Ter mais de 18 anos.
• Ter no minimo 1,65m de altura (homens) e 1,60m mulheres.
• Possuir títulação ESO, Bachillerato ou equivalente Como validar o Ensino fundamental e Médio na Espanha ?
• Ter carteira de motorista B Dirigir na Espanha |Como fazer a troca da CNH Brasileira pela CNH Espanhola
• Não padecer de nenhuma doença física que comprometa o exercicio da funçao.

• Comprometimento de utilizar armas quando necessário.
• Não ter antecedentes penais.
• Ter a nacionalidade espanhola. 

Para mais informações, acesse: https://www.policia.es/


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

 

 

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!