“Las Fallas”, a festa mais popular de Valência, na Espanha

 

Chegou o mês de março e com ele a festa mais popular da terceirar maior cidade da Espanha, as “Fallas” de Valência.

Consagrada como Patrimônio Imaterial da Humanidade, é sem sombra de dúvidas, um dos festejos mais bonitos da Espanha  e que vale a pena ver ao menos uma vez na vida.

Essa festividade popular reúne tudo o que há de melhor em Valência, da gastronomia ao humor satírico dos valencianos, passando pelo clima primaveral e aquele aroma a pólvora que impregna a cidade inteira. No post de hoje, quero te apresentar  tudo que rola na festa mais tradicional da cidade.

  • O que são as Fallas ?

“Las fallas” são grandes esculturas feitas de cortiça branca, cheia de detalhes e quase sempre com mensagens  carregadas de muita irônia e crítica. 

Muitas  chegam a alcançar os 30 metros de altura e não passam despercebidas, já seja por seu tamanho, por suas impressionantes particularidades e  por apresentar um leque de cores que chega dar vida própria aos personagens.

  • A origem das Fallas

Segundo a crença popular, a festividade das “Fallas” nasceu na véspera do dia de São José (San jose, em espanhol), padroeiro dos carpinteiros.

Como forma de celebrar, os carpinteiros da época queimavam em uma grande fogueira as velhas ferramentas e restos de materiais que tinham no seu ateliê para fazer uma limpeza profunda e celebrar a chegada da primavera.

Com o passar do tempo, os carpinteiros começaram a adornar a fogueira com vestimentas usadas e objetos que se parecessem a uma pessoa que queriam criticar.

Uma das partes mais importantes da festividade de  fallas é justamente representada com a queima dessas grandes figuras,realizada no dia 19 de março, quando também é celebrado o dia de San José.

  • Como  se vive  as Fallas de Valência ?

Se eu tivesse que fazer uma comparação para exemplificar esse ponto, certamente te diria que os valencianos esperam as fallas, como os carnavalescos esperam ansiosos o dia do desfile de carnaval no Brasil.

O sentimento é o mesmo. Alegria pelas ruas,expectativas, trajes tipicos da festa e um monte de grupos “falleros” almejantes para apresentar ao público o trabalho de um ano inteiro. 

A festividade de Fallas se divide em cinco partes e dura praticamente quase todo o mês de março. Veja o que acontece em cada etapa:

La mascletà

O início da festa popular começa com um grande espetáculo de fogos artificiais que acontece desde o dia 1º até o dia 19 de março.

Os valencianos são apaixonados por pólvora e impressionam a todos os visitantes com a “mascletà”, que é realizada sempre as 14h na praça da prefeitura da cidade.

Confesso que a primeira vez que fui ver de pertinho tive a sensação de estar em meio a um bombardeio. Para quem não gosta de ruídos ou não aguenta 120 decibéis de potência sonora, melhor acompanhar o mais longe possível. 

O espetáculo dura em torno de 7 minutos e vai ficando cada vez mais intenso, por isso, não seja bobinho como eu fui da primeira vez, que pensei: “Ah não é para tanto”. Fiquei meio surda o resto do dia. 😀

 La Plantà

A Noite do dia 15 e 16 de março é a mais esperada pelos artesãos e grupos falleros, pois chega finalmente o momento de colocar de pé as grandes esculturas.

No final do dia 16 um corpo de jurados avalia cada uma delas e escolhe apenas um monumento que será salvo de não ser queimado durante o espetáculo da “Cremà”.

 

Oferenda das flores

Na manhã do dia 17 de março podemos prestigiar de perto o desfile das “falleras e falleros” que levam vestimentas e penteados típicos dessa festa a caminho de recebem suas premiações.

Também é nesse dia que acontece a oferenda das flores, que são levadas pelas falleras até uma grande imagem da virgem dos desamparados. Cada flor que vai sendo entregue formará parte do grande manto que decora a padroeira da cidade de Valência.

Noite de fogos

Do dia 15 a 19 de março também podemos prestigiar a conhecida “Nit del Foc”, quando a meia noite a cidade de Valência é iluminada por um espetáculo de fogos artificiais.

La Cremà

Chega o dia 19 de março  e com ele finaliza a popular festividade de Fallas. Nessa noite todos as esculturas são queimadas, começando pelas mais pequenas (sempre às 22h) e a mais grandes as 00:30h.

A festa se dá por finalizada quando arde a escultura que fica localizada na praça da prefeitura (plaza del ayuntamiento), celebrando outro ano mais e abraçando a chegada da primavera.

O que ver em Valência durante as Fallas ?

Como vocês devem imaginar, o bom tempo para essas datas atrae um sem-fim de turistas nacionais e internacionais. A cidade fica completamente cheia, mas ainda assim da pra curtir alguns dias sem passar sufoco.

Partindo do centro histórico da cidade de Valência, você poderá ir pecorrendo com facilidade várias ruas que estarão repletas desses monumentos artisticos.

Além disso, outra pedida é ir degustando da gastronomia local, já que durante essa epoca em cada esquina você encontrará uma barraquinha com horchata (bebida tradicional de Valência), Churros e os famosos “buñuelos” (um doce tipico) e claro, um bom suco de laranja colhido na região.

Sem medo de ser feliz, pode incluir Valência e sua festa mais popular no seu roteiro de viagem pela Espanha. 🙂


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

 

 

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *