Morar na Espanha | 6 cidades pequenas e baratas para morar na Espanha

Não canso de dizer que morar em outro país, ao menos para mim, tem sido uma das experiências mais enriquecedoras dos últimos tempos.

Acontece que embarcar nessa aventura não é algo tão fácil e requer um mínimo de planejamento, principalmente, em relação a que cidade da Espanha escolher para morar.

Madri, Barcelona, Valência e Sevilha são cidades grandes e sempre estão na rota dos brasileiros que decidem morar na Espanha. O que muita gente não sabe, é que o custo de vida nesses locais pode ser um grande obstáculo na hora de recomeçar a vida, especialmente, por conta do turismo que tem feito os preços dos alugueis dispararem.

A boa notícia que tenho para te dar, é que a Espanha não é feita só de Madri e Barcelona, e tem muita cidadezinha tranquila e com o custo de vida mais acessível, inclusive que no Brasil, para morar na Espanha. Te apresento algumas delas.

  1. Castellón de la Plana

Castellón é um pequeno município que faz parta da Comunidade Valenciana e conta com um clima agradável em boa parte do ano.

Banhada pelo mar Mediterrâneo, Castellon possui todos os serviços básicos de uma grande cidade: centros de saúde, hospitais, supermercados, colégios públicos, Universidade, Shoppings e uma oferta variada de diversão.

Boa parte dos turistas que visitam a região durante o verão, passam pela cidade de Castellón o que impulsiona a economia local e consequentemente gera novos postos de trabalho.

É possível encontrar alugueis de apartamentos com valores entre 300€ e 450€, o que é uma verdadeira mão na roda para quem não quer gastar tanto.

No entanto, para quem deseja mais comodidade, vista para o mar ou desembolsar mais grana por um diferencia também é possivel encontrar apartamentos bem acima desse valor.

Mas, vale lembrar que no quesito moradia,  Castellón é considerada uma das cidades mais baratas para morar na Espanha.

 

 

2. Lugo

A pequena cidade de Lugo fica na parte noroeste da Espanha, na conhecida região da Galícia e é também considerada um lugar barato para viver.

Lugo tem bastante história para contar. Fundada no ano 25 a.C pelos romanos, ela leva o título de cidade mais antiga da região.

É um dos lugares com melhor qualidade de vida para morar na Espanha, afinal, tem um custo de vida baixo, sobram vagas escolares para os mais pequenos e possui uma das infraestruturas sanitárias mais altas da Europa.

Com sua gastronomia e cultura única, Lugo é aquela cidade perfeita para quem gosta de natureza, curte roteiros de bicicleta, passeios ao ar livre e claro, é apaixonada por um clima mais ameno.

Alugar um apartamento não vai ser problema, já que a cidade dispõe de uma oferta bastante variada de residências e com preços rondando os 300€. Além de tudo, tem todos os serviços básicos: escolas, centros de saúde, supermercados, etc.

3. Teruel

Teruel é uma cidade pequena e bem tranquila para viver. A vantagem de morar em um lugar assim, é que você pode ir caminhando a praticamente todos os lugares.

Localizada na região de Aragon, Teruel tem passado por problemas de despovoação e alguns projetos estão sendo implantados para atrair novos moradores.

Teruel conta com um custo de vida baixo e isso se reflete no preço do aluguel, que gira em torno de 200€. O pequeno município é considerado uma das cidades mais frias durante o inverno espanhol, e acaba  atraindo bastante turistas à cidade e as pistas de esqui que ficam próximas. 

No entanto, tenho que te dizer que  Teruel é muito mais que isso. Berço da arquitectura Mudejar, essa localidade fica rodeada de lugares para se conectar com a natureza e com o passado, basta visitar os pequenos povoados medievais da região ou dar um passeio pelo campo.

4. Palencia 

A bela “desconhecida” como é chamada na Espanha,  é outra ótima opção para recomeçar a vida na Espanha gastando pouco.

Localizada na região de Castilla y Leon, Palencia é uma cidade pequena mas que possui todos os serviços básicos e está próxima de outras localidades, como León, Valladolid, Burgos e Santander.

É uma cidade bastante tranquila, aonde você pode ir caminhando a todos os lugares e encontra serviços básicos, como: Universidades, escolas, hospitais, supermercados, etc.

Para os amantes do frio, durante o inverno esse é o lugar perfeito. O preço do aluguel gira em torno de 350€, mas se você escolhe as localidades que estejam próximas, como Magaz de Pisuerga, esse valor pode ser bem menor.

 

5. Zamora 

Zamora é uma cidade pequena, mas que tem todas as comodidades de uma cidade grande: centros de saúde, lojas, restaurantes, colégios, universidades, etc.

Localizada na região Castilla y Leon, a pequena Zamora conta com uma população de aproximadamente 62.000 habitantes e é um lugar bastante tranquilo. O custo de vida nessa região também é acessível e podemos encontrar alugueis a partir de 300€.

 

6. Cáceres

Declarada Patrimônio da Humanidade em 1986, Cáceres é um dos municípios preferidos pelos universitários. Localizada na região de Estremadura, ela é considerada uma das cidades mais baratas para viver na Espanha.

 

Outras cidades pequenas e baratas para viver na Espanha 

A Espanha possui diversos municipios que ainda oferecem um custo de vida acessivel, como é o caso de: Almeria, Torrevieja, Huesca, Elche e por aí vai. Se distânciar dos grandes centros tem suas vantagens e desvantagens.

E ao menos para mim, a vantagem termina na hora de enfrentar o mercado laboral, já que quanto menor é a cidade, menores ofertas de trabalho.  O ideal é buscar por um lugar que te possibilite viver bem e que cumpra com suas expectativas pessoais e profissionais.

🙂


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!