Salários na Espanha | Quanto se ganha ?

Desde que comecei o blog, em 2015, o número de emails e mensagens que chegam até mim, só vem crescendo. É cada vez maior a porcentagem de brasileiros que desejam fazer as malas e tentar a vida aqui na Espanha.


Longe do que muitos possam imaginar, o mercado de trabalho espanhol não é um dos melhores a nivel europeu e por conta disso muita gente precisa fazer malabarismo para equilibrar o orçamento pessoal ou familiar.

Quanto se ganha na Espanha ?

Definitivamente, essa é a pergunta que não quer calar. Cerca de 70% dos emails que recebo sobre trabalhar na Espanha, está relacionado com o sálario pago no país.

 

Para o ano de 2018, o governo espanhol acrescentou a subida de 4% no salário minimo, que agora passa a ser de 735,90 €  euros ( que são aproximadamente R$2.860,00 reais). 

Leia Mais: Mais de 300 vagas de trabalho na rede de supermercados Mercadona

A remuneração paga na Espanha dependerá de muitos fatores, principalmente, do seu perfil profissional e da sua jornada de trabalho.

A flexibilidade contratual, talvez, seja o grande entrave para a mão de obra espanhola, já que existe uma certa inestabilidade ( por conta de contratos temporários) e pela jornada laboral oferecida (quase sempre reduzida).

A média salarial na Espanha gira em torno de 1.600€ euros bruto mensal, segundo o último estudo realizado pela Adecco, isso quer dizer que ganhamos 36% menos que os alemães e 27% menos que um fracês. É triste, eu sei. Mas a coisa poderia ser pior, já que abaixo da Espanha situa-se outros quize países que cobram bem menos ao final do mês.

Profissões melhores pagas na Espanha

Não resta dúvidas que algumas áreas oferecem mais oportunidades que outras. Segundo análises feitas pelo Infojobs ( Maior portal de busca de empregos da Espanha), não falta trabalho nos setores de informática e telecomunicações.

Isso significa que profissionais da área de TI (programadores, gestores de bases de dados, etc), por exemplo, lideram o ranking das vagas menos competitivas e com sálarios bem acima da média nacional, rondando uma remuneração bruta anual de 28.000 € (mais de 100 mil reais por ano).

Na área da saúde, o destaque vai para os profissionais de odontologia, ocupando um dos postos de trabalho com melhores pagos na Espanha.



Turismo: Motor da Economia 

Não tem outra, a Espanha cada ano que passa bate recorde em turismo e isso além de movimentar a economia, gera emprego no país. Durante a alta temporada ( de junho a setembro) o número de vagas em restaurantes, bares, hoteis, lojas (etc..) aumenta, mas nem sempre é fácil de conseguir ser contratado.

Por receber muitos turistas, a maioria das empresas exige que o candidato apresente um nivel intermediário de inglês e obviamente fluência no castelhano. 

É justamente nessa área que se acompla a maioria de estrangeiros, incluido nós brasileiros, ao buscar trabalho na Espanha. Por isso, prepare-se para conquistar uma vaga de trabalho, porque já te adianto, que não é nem simples e nem fácil.


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!