Gaspacho Andaluz

Chega o calor na Espanha e o gaspacho andaluz começa a marcar presença em restaurantes, bares e lares nos quatro cantos do país.

Também pudera, quem em sã consciência vai dispensar essa maravilha da culinária andaluza?

Assim como outras receitas tradicionais da gastronomia espanhola, cada família tem uma receita infalível para elaborar o melhor gaspacho, entretanto, como “regra geral” ele é bem simples de fazer e com ingredientes que certamente não faltaram na sua dispensa.

Sua base está no tomate, ingrediente principal e no azeite de oliva extra virgem ou “ouro espanhol”, como você preferir.

Ele é servido como uma espécie de sopa fria, por isso é um prato típico do verão e indispensável nos dias mais calorosos.

Sua origem é incerta, mas tudo aponta que ele nasceu por terras Andaluzas, aonde o azeite de oliva e o tomate são abundantes e o calorzão, meu amigo, nem preciso mencionar.

Mas, vamos ao que interessa. Papel e caneta em mãos para anotar essa receitinha fácil, simples e deliciosa da culinária espanhola.

Ingredientes (Para 6 pessoas).

  • Tomates (eles precisam estar maduros e bem vermelhinhos). Aproximadamente 1 kg.
  • Pimentão verde. 1 unidade.
  • 1 unidade.
  • 2 dentes.
  • Azeite de oliva extra virgem. 50ml
  • Aproximadamente 50ml.
  • Pão amanhecido. 50gr.
  • Uma pitada.
  • Vinagre de Jerez (balsâmico).30ml

Modo de preparo:

Corte os ingredientes em pedaços pequenos e acrescente a parte liquida (o azeite, a agua fria e o vinagre).

Triture tudo no liquidificador ou no seu robô de cozinha (como a thermomix) por aproximadamente 4 minutos, até que a mistura apresente uma textura totalmente liquida.

Depois de triturado, o próximo passo é passa-lo pelo coador para deixar de fora a casca do tomate ou qualquer vestígio solido.

Feito isso, guardamos o gaspacho na geladeira por aproximadamente 1h para que fique geladinho. Prontinho.

Viu como é fácil? Assim como a tortilla de patata espanhola é bem versátil com o gaspacho a situação é parecida.

Tem gente que prefere sem pão, outros que pelam o tomate antes de triturarem, acrescentam ou retiram ingredientes, enfim, é uma receita que pode ser adaptada ao seu paladar.

Abaixo deixo alguns exemplos encontrados no youtube. Espero que vocês tenham gostado.

Opção 1:

Opção 2:


Se inscreva no blog e receba diretamente no seu email todas as nossas  novidades. Para entrar em contato, utilize o formulário abaixo.

Saludos!!

Taiana Jimenez

Sou brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilho com vocês minha experiência e as melhores dicas para quem deseja morar, estudar ou turistar pela terra de Cervantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *